Já vos aconteceu quererem marcar um hotel num determinado local, irem ao booking, escreverem o nome desse local, e o resultado ser 0 alojamentos encontrados?

Bom a nós aconteceu. Pela primeira vez vimos-nos sem saber o que fazer. O Booking.com que sempre nos safou por esse mundo fora, não podia agora fazer nada por nós.

Mas enganem-se se acham que estou a falar de um vilarejo com meia dúzia de casas. Não, Tambacounda é a maior cidade na zona Este do Senegal, com uma população de mais de 70 mil pessoas, e um importante entreposto de transportes. Por isso nunca imaginámos que nem uma pensão ou guest house iríamos encontrar através do booking.

Mas nem tudo estava perdido. Fomos ao google, pesquisamos alojamento em Tambacounda e encontrámos 2 ou 3 sítios que podíamos tentar. Acabámos por enviar um e-mail directamente para o Oasis Oriental Club a solicitar um quarto duplo para uma noite. Com muito espanto nosso, a resposta foi rápida e positiva e no dia seguinte partimos contentes mas ao mesmo tempo duvidosos, só tinhamos um e-mail e nada mais, nem um pagamento, nada.

Chegámos ao Oasis Oriental Club ao final da tarde, cansados e suados, depois de uma viagem em transportes públicos pelo Senegal (podem ver AQUI como foi a aventura). Quando nos dirigimos à recepção e dissemos que tinhamos uma reserva foi quando nos caiu tudo. O Sr. que nos atendeu parecia nunca ter ouvido falar de nós e deu a entender que não havia quartos disponíveis.

Respirámos fundo e mostrámos o e-mail. Foi quando ele se ausentou e regressou a dizer que afinal tinha sim um quarto disponível. Pelos vistos, o dono do hotel mora em França e foi ele que nos respondeu ao e-mail, mas tinha-se esquecido de enviar a informação à recepção.

Após um mini ataque cardíaco fomos conhecer o nosso quarto. O Oasis Oriental Club funciona com pequenas cabanas duplas espalhadas à volta de uma zona de lazer com restaurante e piscina.

A nossa cabana era a primeira a contar da recepção, o que não nos agradou pois pensámos que iríamos ter barulho do exterior vindo de quem por nós passasse, o que acabou por não ser o caso, no entanto, durante a noite conseguimos por vezes ouvir o ruído da estrada, isto porque o hotel fica à beira da estrada Nacional 1.

Cada cabana tem casa de banho privativa, são equipadas com ar condicionado e decoradas com o gosto africano mais piroso de sempre, o que acabava por lhes dar um ar catita e aquela sensação de experiência cultural mais rica.

Como a nossa estadia em Tambacounda não era para conhecer a cidade mas sim estar perto do Parque Nacional Niokolo Koba, acabámos por ficar o resto da tarde e noite pelo hotel. Aproveitámos a piscina até ao cair da noite e jantámos no restaurante do hotel. As instalações são boas, tendo em conta o país onde estamos, e a comida no hotel foi em conta (16€ para os dois) e ficámos cheios. Assim como o pequeno-almoço servido no dia seguinte foi bastante bom e suficiente para nos manter até almoçarmos. O colchão na nossa cama foi o melhor que apanhámos nesta viagem, já as almofadas eram bem rijas. O único senão que encontrámos foi a temperatura dentro do quarto. O mesmo não era tão bem ventilado como em Ndangane e por isso mesmo ou estávamos com o ar condicionado ligado, ou estávamos com o ar condicionado ligado, o que não nos agradou muito e não conseguimos dormir como queríamos.

De salientar ainda que os empregados no hotel foram sempre muito simpáticos e prestativos. Uma vez que não tínhamos excursão marcada para o parque nacional no dia seguinte e não queríamos ter de ir ao centro de Tambacounda procurar, eles arranjaram-nos tudo no hotel e acabámos por ter uma experiência muito interessante.

O Oasis Oriental Club serviu para o que precisávamos nessa noite, e se algum dia voltarmos a Tambacounda e a oferta se mantiver a mesma, ou seja, quase nula, ficaremos lá outra vez.

 

O que gostámos:

  • Limpeza.
  • Simpatia dos funcionários (muito prestáveis e ávidos de nos ajudar)
  • Excelente espaço de lazer junto à piscina (sossegado ideal para relaxar)
  • Restaurante do Hotel com qualidade e a preço acessível.
  • Pequeno-almoço com qualidade e incluido no preço do quarto.
  • Preço (razoável dentro do tipo de hotel)

O que não gostámos:

  • Wifi com sinal fraco dentro dos quartos
  • Pouca ventilação no quarto (obrigava ao uso do ar condicionado sempre)

Média de preços:

  • Quarto Duplo – Cerca de 45€ por noite, com pequeno-almoço.

 

Nota: Preços indicativos actualizados ao ano de 2016 que podem variar conforme o site de marcação ou promoções em vigor. Tentaremos actualizar caso existam alterações.